Revista "Pedra & Cal" passa a ter versão digital

A Revista "Pedra  & Cal", editada pelo "Gecorpa" (Grémio do Património) passou a estar disponível gratuitamente em PDF no site do Grémio (www.gecorpa.pt), podendo ser também ser ali assinada ou adquirida a versão em papel.

Visita à Casa Museu Teixeira Lopes - 20 de Maio - 15:00h

 

A A.C.E.R. irá realizar uma visita à Casa Museu Teixeira Lopes no dia 20 de Maio (Sábado) com início às 15:00h para um número máximo de 15 participantes.

III Percurso Arquitectura Art Déco no Porto - 6.Maio.2017

Decorrerá no próximo dia 6 de Maio, pelas 15h, mais um percurso pela Arquitectura Art Déco no Porto, organizado pela ACER e de novo com orientação do Arq. José Pedro Tenreiro.

A concentração será no Largo Soares dos Reis (junto à entrada do Cemitério do Prado do Repouso, do lado da Rua do Heroísmo).

As inscrições podem ser feitas unicamente por 'e-mail' para acer-geral@acer-pt.org, sendo posteriormente enviadas informações complementares.

Adiamento do Percurso "Pesqueiras do Rio Minho"

Dado prever-se no próximo sábado e na zona da Ribeira Minho a ocorrência de trovoada e chuviscos, somos compelidos a adiar o evento para 27 de Maio


Visita às Pesqueiras do Rio Minho - 22.04.2017 - 15h

Em colaboração com a COREMA - Associação de Defesa do Património (Lanhelas-Caminha), a A.C.E.R. organiza uma visita às pesqueiras do Rio Minho (margem esquerda) no dia 22 Abril 2017.

Ponto de Encontro: às 14:30 horas no Parque das Termas do Peso - Melgaço (junto ao edifício do Pavilhão da Fonte Principal).
Início do percurso: às 15:00 horas.

Grau de dificuldade: fácil.

Inscreva-se neste formulário ou envie um email para acer.geral@acer-pt.org

 

Art Deco no Porto - Exposição Fotográfica - Casa do Infante, 7.Abril a 7.Maio


Visita à nova sede da Secção Norte da Ordem dos Arquitectos - 17.Abril, 17h

No próximo dia 17 de Abril, pelas 17:00h, a Ordem dos Arquitectos irá proporcionar-nos uma visita guiada à sua nova sede na Rua Álvares Cabral, 144 - Porto, sendo de 20 o número máximo de participantes.

Os dois  edifícios geminados que agora albergam a Ordem dos Arquitectos foram alvo de uma intervenção que pretendia mostrar "como se faz a recuperação de um prédio antigo",segundo declarou em 1 de Março de 2011 ao PÚBLICO José Fernando Gonçalves, presidente da SRN/Ordem dos Arquitectos

Concluída a obra, teremos agora ocasião de o comprovar.

São permitidas fotografias do interior, que apresentam nos tectos composições em estuque decorativo.

Assim recomendamos brevidade na sua inscrição, através deste formulário.

Dia Nacional dos Centros Históricos: + de 70 atividades no dia 25




No Dia Nacional dos Centros Históricos o Porto apresenta um leque de + de 70 iniciativas cujo programa se estende portodos o dia 25, resultado do contributo de uma rede de entidades (públicas e privadas) sedeadas no Centro Histórico, da Câmara do Porto e da PortoLazer (programa de animação de rua).
Pode-se:
  • visitar monumentos e museus
  • participar em viagens teatrais e oficinas de ilustração
  • explorar instalações artísticas
  • assistir a espetáculos de música, circo e performance
  • visitar a exposição de homenagem ao escritor Raúl Brandão
  • na Casa Museu Guerra Junqueiro participar numa conversa em torno de um guião de cinema
  • participar no "roteiro de luz" do Projeto Alumia, passeio guiado noturno que parte do Largo dos Lóios e termina no Passeio das Virtudes. (Apesar de gratuita a iniciativa requer inscrição prévia para o email alumiaservicoeducativo@gmail.com).
Descarregue aqui o programa completo.

Visita guiada à sede da Secção Norte da Ordem dos Arquitectos

Dado o número de inscrições ter atingido o máximo permitido decidimos encerrar o processo de mais admissões para a visita guiada do dia 14 de Março.

Existe a possibilidade de haver nos próximos meses mais edições deste evento promovido pela Ordem dos Arquitectos, pelo que se abrirá novo processo de inscrições logo que tenhamos conhecimento da data da próxima visita guiada.  

Exposição prolongada até dia 23

Vai ser prolongada até ao próximo dia 23 de Fevereiro  a Exposição Fotográfica sobre as Pesqueiras do Rio Minho patente ao público na Tryvel (Rua Augusto Luso, 157, Porto), iniciativa da ACER com apoio daquela empresa.

A Exposição pode ser visitada gratuitamente de 2ª a 6ª feira, das 9:30 às 13 e das 14:30 às 18:30.

.


Inaugurada a Exposição sobre as Pesqueiras do Rio Minho

Agradecimento à Tryvel, na pessoa da D.Bárbara, e a todos os que participaram na apresentação da Exposição Fotográfica sobre as Pesqueiras do Rio Minho.

Recorda-se que a Exposição irá estar patente ao público até 17 de Fevereiro no Auditório daquela empresa (Rua Augusto Luso, 157, Porto - Metro Carolina Michaelis), podendo ser visitada livremente de 2ª a 6ª feira, das 9:30 às 13 e das 14:30 às 18:30.


Pesqueiras do Rio Minho - Exposição na Tryvel - 4 a 17/2/2017

De 4 a 17 de Fevereiro irá estar patente ao público, na Tryvel (Rua Augusto Luso, 157, Porto) uma Exposição Fotográfica sobre as Pesqueiras do Rio Minho, numa iniciativa da ACER com apoio daquela empresa.

A Exposição poderá ser visitada, gratuitamente, de 2ª a 6ª feira, das 9:30 às 13 e das 14:30 às 18:30.
A inauguração será no dia 4 de Fevereiro, às 15:30
.


Dos «pavilhões» do Bolhão ao modelo de mercado e à visão de cidade: quarta 25 janeiro - 18:15

Com os melhores votos para o Novo Ano de 2017, a Campo Aberto, em coorganização com a ACER - Associação Cultural de Estudos Regionais, convida a uma das suas primeiras atividades do ano novo: uma tertúlia (integrada no ciclo Observatório do Urbanismo) em redor de uma petição (ver mais abaixo) que pretende salvaguardar elementos do Mercado do Bolhão que os promotores da mesma, os Arq. Alexandre Gamelas e Catarina Santos, consideram de valor patrimonial, cultural e artístico que deve ser respeitado. Ambos estarão presentes na tertúlia e apresentarão a ideia base da petição, a que se seguirá o debate com os presentes.

A Campo Aberto não tem posição oficial sobre o tema mas considera que o debate sobre ele pode ser enriquecedor e ajudar a formular perspetivas mais claras sobre o modelo de mercado que se pretende recuperar e sobre a visão de cidade que subjaz às diferentes possíveis opções.

A entrada é livre e gratuita mas sujeita a inscrição prévia. Para isso basta enviar para: tertuliasca@gmail.com, até segunda 23 de janeiro, o nome, email e telefone de contacto de cada um dos inscritos (várias pessoas podem inscrever-se num só email, desde que anuentes). Não esqueça de enviar esses elementos sobre cada uma delas.

A tertúlia decorrerá a partir das 18:15 de quarta 25 de janeiro na rua de Santa Catarina, 730-2.º andar, ao lado da sede da Campo Aberto.

Campo Aberto - associação de defesa do ambiente

Sobre o assunto pode ver:
http://p3.publico.pt/cultura/arquitectura/17715/dupla-de-arquitectos-tenta-preservar-barracas-do-bolhao

E o texto de introdução à petição: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT77853, que reproduzimos:

Assistimos no passado dia 22 de Abril à apresentação pública do novo projecto para o Mercado do Bolhão. Felicitamo-vos pela filosofia de intervenção do projecto: uma solução sensata e equilibrada, que respeita o edifício que os portuenses conhecem, actualiza-o funcionalmente e lhe resgata a dignidade perdida ao longo de anos de quase abandono.

Como amantes da nossa cidade e do seu património, deixa-nos contentes ver o exterior do mercado recuperado integralmente, com a reposição das mísulas actualmente reduzidas a rebarbas ferrugentas, das caixilharias das montras com o desenho original, e dos toldos tradicionais com aspecto uniforme.

No entanto, e baseados nos aspectos do projecto que foram levados a público, receamos que haja um elemento esquecido no processo: as chamadas "barracas do Bolhão".

Assim são nomeadas nos desenhos os pavilhões cobertos de apoio aos vendedores no rés-do-chão, e que são contemporâneas com o projecto original do arquitecto Correia da Silva.

São construções desenhadas e detalhadas de raiz, e parte integral do edifício enquanto mercado. Por serem semi-fechadas, prolongam visualmente a rua no interior e conferem ao Bolhão o seu ambiente característico e único, que lembra vagamente um bazar oriental.

Ainda mais interessante é o facto de, dentro do seu aspecto de construção popular, o seu desenho ser fortemente original e uma combinação de elementos aparentemente díspares: colunatas, frontões, arcos de volta inteira e caixilhos de desenho neo-gótico, treliças e respiradouros, que muito raramente aparecem compostos desta forma.

As "barracas" são assim elementos pitorescos mas de um desenho curado, que representam o periodo de revivalismo vernacular do início do séc. XX.

Infelizmente, o seu estado de conservação precário e décadas de acumulação de elementos espúrios impedem-nos de disfrutar de todos estes pormenores. Letreiros, gaiolas, muitas janelas já substituídas por alumínio ou tapumes de todo o tipo, as lonas que escondem os fantásticos telhados de ardósia e os "cobertos" centrais em plástico, por sua vez tapados com lonas ou simplesmente sujos e escuros, tudo isto faz com que estas maravilhosas pequenas construções pareçam prontas para a demolição.

É isto que transparece nas imagens que foram mostradas e através das declarações na comunicação social, que indicam que os pavilhões do Bolhão se preparam para ser substituídas por uma "reinterpretação moderna" que mais não é que um espaço genérico desprovido do carácter peculiar e mágico do mercado actual.

Mais uma vez, só podemos elogiar a vossa filosofia de intervenção no Bolhão e acreditamos que é coerente com a recuperação destas construções.

Acreditamos que a sua reabilitação não compromete, antes melhora, o conforto do espaço e facilita a sua climatização.

Acreditamos também que é compatível com a cobertura dos corredores através de uma estrutura elegante, transparente e contemporânea, semelhante áquela mostrada nas imagens e que já faz parte do vosso projecto.

Assim, pedimos-lhe que considere a inclusão das "barracas" no projecto de recuperação do Mercado do Bolhão. Isto implica:

Que o projecto contemple a recuperação integral das construções existentes, o que inclui devolver-lhes os telhados em ardósia, pintar e reparar as caixilharias existentes e todos os elementos de carpintaria e serralharia, actualizando as infraestruturas interiores.

Que se eliminem os elementos acrescentados, posteriores e sem qualidade, e, tal como no exterior do mercado, se recuperem os desenhos existentes para criar elementos de substituição idênticos aos originais: caixilharias, colunas, telhados, ferragens.

Queremos ter um mercado limpo e funcional, e um mercado que seja único no Mundo, por ser o mesmo mercado que opera no Porto há quase 100 anos. As duas coisas não são incompatíveis, até pelos inúmeros exemplos de sucesso semelhantes em outros países.

Tudo indica que a reabilitação urbana, numa época em que cresce exponencialmente, é uma prioridade que a Câmara do Porto leva a sério, e bem. Existe aqui, assim, uma oportunidade ímpar para dar o exemplo e recuperar com pormenor e qualidade um património único que pertence a toda a cidade.




Visita à Exposição Amadeo - Inscrições encerradas

Por se haver atingido o limite de visitantes autorizado, fomos obrigados a cancelar as inscrições. Obrigado pelo vosso interesse.

Visita à Exposição Amadeo no MNSR - 28.12.2016 - 15h



O número de inscrições é estritamente limitado a 20.

Embora a iniciativa da A.C.E.R. em si mesma seja gratuita,
a entrada no Museu está sujeita ao pagamento de bilhete,
a um custo de 5€ (2,5€ para maiores de 65 anos).

Inscrições: via formulário (link na coluna da esquerda)
ou email para acer.geral@acer-pt.org

Lançamento do livro "Estudos sobre André Soares" - 7.12.2016, 19h

Lançamento do livro

"Estudos sobre André Soares
O Rocócó e o tardobarroco no Minho e Norte de Portugal"
de Eduardo Pires de Oliveira

Auditório Tryvel
Rua Augusto Luso, 157

7.Dezembro.2016
19 horas

Inscrições limitadas


Amadeo no MNSR - 1/Novembro - 31/Dezembro

O Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto, vai recriar a única exposição de Amadeo de Souza Cardoso no Porto que decorreu em 1916.
Estarão em exibição cerca de 70% das obras daquela Exposição.
A A.C.E.R. recomenda a visita.

Actualização de ficha do Projecto EMI

Na ficha "Rio Minho. Ínsuas de Verdoejo e do Crasto. Lindbergh" do projecto "Espaço, Memória e Identidade" foi acrescentado, com a autorização da Cinemateca Nacional, um video da chegada de Lindbergh a Lisboa em 1933.


II Percurso Art Deco - inscrições encerradas

O número de inscrições atingiu o máximo permitido pela capacidade da sala da UNICEPE, pelo que só poderão ser aceites novas inscrições em caso de desistências.

Visita guiada ao Órgão Ibérico da Igreja do Mosteiro de S. Salvador de Grijó - 1.10.2016 - 15:00

No próximo dia 1 de Outubro, sábado, pelas 15:00, o Prof. Isolino Dias orientará esta visita organizada pela A.C.E.R. ao Órgão Ibérico da Igreja do Mosteiro de S. Salvador de Grijó e que conta com o apoio da D.R. Cultura Norte e a colaboração da Paróquia de Grijó (S.Salvador).

Pode inscrever-se através do Formulário (ver coluna da esquerda, em www.acer-pt.org) ou por email para acer.geral@acer-pt.org

Para chegar ao local a partir do Porto deve seguir pela A1 em direção a sul até à saída 18B ("Carvalhos/Grijó"), virar em direção a Grijó e seguir as indicações "Mosteiro" - ver mapa em https://goo.gl/7FqEfk

III Edição do Percurso "Um Americano na Foz e outras estórias" - 24.09.2016 - 10h

Atendendo a várias solicitações no próximo sábado dia 24 de Setembro, pelas 10h, ​ a A.C.E.R. promove uma terceira edição deste Percurso de descoberta.

Com início junto à ​Escola Francisco Torrinha (Alameda Dr. Fernando Azeredo Antas - ver mapa) inclui algumas surpresas que a seu tempo se revelarão.

O percurso total ronda os ​4km, e apesar de ter um pequeno troço em terra batida (pelo que se aconselha o uso de calçado adequado​) é acessível a todas as idades, com frequentes paragens e sombras. Sugere-se ainda que possam levar água, uma vez que não há muitos estabelecimentos na zona.

Pode inscrever-se através do Formulário (ver coluna da esquerda, em www.acer-pt.org) ou por email para acer.geral@acer-pt.org

Caso necessite de orientações para chegar ao local poderá usar o nº 933208567

Os inscritos receberão mais informações posteriormente.


Visita Guiada às Colecções de Ourivesaria e Joalharia do MNSR - 25.09.2016 - 15:00

No próximo dia 25 de Setembro (Domingo) pelas 15,00h iremos juntar-nos no Museu Nacional de Soares dos Reis para apreciarmos as colecções de Ourivesaria e Joalharia, em visita guiada orientada pela Dr.a Maria Palmira Couto Soares.

Como tem acontecido em anteriores visitas ao Museu Nacional de Soares dos Reis o bilhete de entrada tem um custo de 5 €, sendo de  2,5 € para séniores (maiores de 65 anos).

Para se inscrever poderá usar o formulário (na barra à esquerda) ou enviar-nos um 'email' nesse sentido (acer.geral@acer-pt.org)


Inscrições encerradas para a II Edição do Percurso "Um Americano na Foz e outras estórias"

Devido ao elevado número de inscrições formos forçados a encerrá-las, e iremos programar nova edição logo que possível.

Mantenha-se atento ao nosso site e página Facebook.

II Edição do Percurso "Um Americano na Foz e outras estórias" - 17.09.2016 - 10h

No próximo dia 17 de Setembro, pelas 10h, ​ a A.C.E.R. promove uma segunda edições deste Percurso.

Com início junto à
Escola Francisco Torrinha, inclui algumas surpresas que a seu tempo se revelarão.

O percurso total ronda os
4km, e apesar de ter um pequeno troço em terra batida (pelo que se aconselha o uso de calçado adequado
​ - ver foto​
) é acessível a todas as idades, com frequentes paragens e sombras.

Pode inscrever-se através do Formulàrio (ver coluna da esquerda) ou por email para acer.geral@acer-pt.org

Os inscritos receberão mais informações posteriormente.

3º Percurso "Porto Liberal" - inscrições encerradas

Por haver sido atingido o número máximo recomendado encerramos as inscrições para o 3.º Percurso "Porto Liberal".

Contudo, em caso de algumas desistências poderão ser preenchidas as respectivas vagas, pelo que solicitamos que aguardem uma nossa eventual comunicação nesse sentido.

Percurso "Porto Liberal III" - 15.07.2015 - 9:30 - Largo da Igreja da Lapa

Este terceiro percurso pelo PORTO LIBERAL será novamente orientado pela Dr.a Isabel Andrade Silva, técnica superiora da Câmara Municipal do Porto-Divisão de Museus e Património Cultural.

Concentração: Junto ao lado norte do Quartel de Santo Ovídio (em frente à Igreja da Lapa)
Hora: 9:30h

Percurso previsto: Praça da República, Rua do Almada (ou Rua Alferes Malheiro), Praça da Liberdade, Praça Almeida Garrett, de onde se segue de Metro até o Jardim do Morro em Gaia, Calçada da Serra, Mosteiro e Quartel da Serra do Pilar. Regresso por Metro ao Porto

Inscrição: gratuita (ver link na barra lateral do site, ou enviar email para acer.geral@acer-pt.org)
Custo do bilhete de entrada no Mosteiro da Serra do Pilar: 1,50 euros, ou 3 euros se incluir subida ao zimbório. Maiores de 65 anos têm desconto de 50%.      

​   

Visita ao Palácio da Brejoeira - 9.7.2016, 15:30

NOTA: as inscrições (ver link na barra lateral do site) são gratuitas, mas há pagamentos a considerar (ver abaixo)

Programa Palácio (visita interior Palácio, Capela e Jardins)
Preço p/pax - 5,00€
Duração da Visita - 30m

Programa Palácio & Quinta (interior Palácio, Capela, Jardins, Bosque, Vinhas e Adega Antiga)
Preço p/pax - 7,50€
Duração da Visita -1h00 aproximadamente

Programa Quinta (Bosque, Vinhas e Adega Antiga)
Preço p/pax - 3,00€
Duração da Visita - 30m aproximadamente

Programa Alvarinho & Património (visita completa com prova de vinho Alvarinho Palácio da Brejoeira)
Preço p/pax - 10,00€
Duração da Visita - 1h30m aproximadamente

Prova de Vinho Alvarinho Palácio da Brejoeira - 2.50€/pessoa

Prova de Aguardente Bagaceira Palácio da Brejoeira - 3.50€/pessoa

Prova de Aguardente Vínica "Velha" Palácio da Brejoeira - 5.00€/pessoa

OBS: A prova pode ser realizada como um ato isolado ou integrada nos programa acima referidos.


Para consulta de conteúdos (textos e imagens) sobre o Palácio Nacional da Brejoeira poderá clicar www.emi.acer-pt.org/concelhos/moncao/56-pinheiros/335-palcio-nacional-da-brejoeira-quinta-e-jardins, ou www.palaciodabrejoeira.pt


Transporte: Por automóvel próprio pela A3
Ponto de encontro: Praça Deu-La-Deu, em Monção, às 12:00h
Almoço: Monção às 13,00h (restaurante a combinar)



Visita às Reservas do Museu Nacional de Soares dos Reis - 30 de Junho- 15:00

A ACER, por intermédio da Dr.a Maria Palmira Couto Soares, conseguiu obter autorização para visitar as Reservas do Museu Nacional de Soares dos Reis no dia 30 de Junho às 15:00h (visita estritamente limitada a 15 participantes).

Visita à Igreja de S. Lourenço (Grilos) e envolvente – 4.Junho (Sábado) - 15:30

Inscrições aqui ou pelo email acer.geral@acer-pt.org

Concentração: Junto à estátua de Vímara Peres às 15:15h.
Estacionamento: Parque Duque de Loulé.

Percurso pelas seguintes ruas e pontos de interesse: Arqueossítio, Capela das Verdades (onde se encontrava a Porta das Verdades, demolida), Rua de D. Hugo, Largo Pedro Vitorino (miradouro).Rua das Aldas, Rua da Pena Ventosa, Ruínas da Antiga Câmara (próxima ficava a Porta de S. Sebastião, demolida), Rua de S. Sebastião e Capela de S. Sebastião, Trav. de S. Sebastião, Mercado, Casa onde residiu Alexandre Herculano, Largo do Corpo da Guarda (onde se situou o Teatro do Corpo da Guarda), Rua dos Pelames, Rua da Bainharia, Rua de Sant’Ana, Nicho de Sant’ Ana (na porta que dava acesso ao oratório do Arco de Sant’Ana, demolido), Largo da Pena Ventosa, Largo do Colégio.
Visita à Igreja de S. Lourenço (Grilos).

Divulgação: O meu Porto é Património Mundial - exposição




Visita à Sé Catedral do Porto - Inscrições encerradas

Tendo sido atingido o limite de inscrições, encerraram-se as mesmas.

Poderão porém aceitar-se ainda algumas caso ocorram desistências, pelo que quem esteja interessado deverá enviar e-mail para acer.geral@acer-pt.org.